Saiba as diferenças entre telhas Galvanizadas e Galvalume

Durante um processo de construção, escolher um modelo de telha é uma etapa fundamental e que exige alguns cuidados em relação a matéria-prima que é produzida. No mercado há ótimas opções disponíveis como as telhas galvalume e telhas galvanizadas. Por isso, saiba neste conteúdo as características de cada uma e qual é a mais indicada para sua obra.

A cada ano desenvolvem-se novas tecnologias e com isso surgem modernas composições de telhas, seja com materiais, tamanhos, formatos, pesos e até fixações diferentes, ou seja, o mercado de construção passa por constantes mudanças, possibilitando novos tipos de telhas para sua residência, galpão ou qualquer outro tipo de estabelecimento.

Caso a telha seja escolhida de maneira errada haverá diversos problemas como a falta de conforto térmico, ou seja, o ambiente ficará quente e também terá possíveis dificuldades no escoamento de água durante chuvas, ocasionando uma série de problemas que podem levar você a ter que refazer todo o telhado. Por isso é importante ficar atento.

telhas Galvanizadas e Galvalume

Telha Galvanizada

A telha galvanizada possui esse nome, pois passa por um processo de revestimento de zinco em sua composição para evitar corrosões/oxidações e assim torná-la mais resistente durante situações causadas por condições climáticas, tais como, chuvas, tempestades e ventos.

Esse tipo de telha é leve e de fácil instalação, a fixação é feita com parafusos e possui uma baixa manutenção, ou seja, é um ótimo custo-benefício. Além disso, é de grande qualidade acústica, evitando muito barulho no interior do local causado por fatores externos.

Nos mercados de construção é possível encontrá-la em dois formatos: trapezoidal e ondulada. Este último é mais flexível, sendo de fácil adaptação às curvaturas e por isso é normalmente utilizado em telhados de pequeno e médio porte. Além disso, pode ser usado em fechamentos laterais e coberturas em arco.

Telha Galvalume

Já o modelo galvalume é confeccionado por uma mistura de três elementos químicos, sendo revestido de 55% de alumínio, 43,5% zinco e 1,5% de silício, proporcionando maior durabilidade e resistência à telha (cerca de duas vezes maior que a galvanizada).

É bastante eficaz no amortecimento de sons causados pelas chuvas, sem contar que é leve e portanto não precisa de uma grande estrutura para sustentação.

É uma ótima telha no quesito qualidade e devido a esse fato o preço consequentemente é um pouco mais alto, por isso depende do investimento que você pretende fazer.

Esse tipo de telha é ideal para áreas industriais e regiões litorâneas. Lembrando que a vida útil depende do ambiente que estão inseridas.